Portoalegre.myht.org - Soldado do Exército que atuava como motorista do Uber é assassinado em Montenegro

Login

Codinome:


Senha:





Perdeu a senha?  |Cadastre-se!
Temas
screenshot

(4 temas)

Link patrocinado
Mapa do site
Link patrocinado

Detalhes dos Clippings

Data e Hora
17/07/2017 12:23
Manchete
Soldado do Exército que atuava como motorista do Uber é assassinado em Montenegro
Link URI
http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/policia/noticia/2017/07/soldado-do-exercito-que-atuava-como-motorista-do-uber-e-assassinado-em-montenegro-9843412.html Link externo para Soldado do Exército que atuava como motorista do Uber é assassinado em Montenegro
Descrição

Um soldado do Exército, que atuava como motorista do Uber, foi encontrado morto, na noite de domingo (16), em Montenegro, no Vale do Caí. Conforme a Polícia Civil, Marcelo Gabriel Lisboa Roxo, de 23 anos, passou a madrugada trabalhando no aplicativo em São Leopoldo, no Vale do Sinos, e mandou a última mensagem por celular para a namorada por volta das 8h. Depois disso, não entrou mais em contato. As informações são da Rádio Gaúcha .

A família procurou amigos e conhecidos, mas ninguém sabia onde ele estava. Após o dia sem informações, já durante a noite, o dono do Chevrolet Classic usado pelo jovem para trabalhar como motorista do Uber avisou a mãe da vítima que o corpo de uma pessoa com as mesmas características havia sido localizado na área rural de Montenegro. A mãe foi até o local e confirmou a identificação do filho.

Leia mais
Criminosos invadem joalheria e fazem reféns em Encantado
BM confirma mais de mil novos PMs a partir da próxima semana
Homem é encontrado morto na Avenida Goethe, em Porto Alegre

A Polícia Civil apura duas hipóteses: ou que o jovem foi vítima de um latrocínio (roubo com morte) ou de uma execução. A primeira versão parece mais possível aos investigadores, já que o carro sumiu, junto com celular, carteira e outros bens da vítima. Junto ao corpo, o único pertence encontrado foram R$ 200, que estavam escondidos na meia — provavelmente, para que em um assalto não fosse levado todo o dinheiro.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de São Leopoldo, que ajuda a Delegacia de Montenegro na investigação, familiares da vítima informaram que ele tinha agendado desde quinta-feira (13) uma viagem com um passageiro no domingo (16) para Maratá, próximo de Montenegro. Os policiais procuram saber quem é essa pessoa que solicitou a viagem, e se ela foi feita pelo aplicativo ou de forma informal.

A vítima servia no 19º Batalhão de Infantaria Motorizada, com sede em São Leopoldo. Conforme o tenente Daniel Ferraz Tavares, oficial de comunicação social do Batalhão, o comando recebeu a informação da morte pela família e vai trabalhar para ajudar na investigação. A informação de que o jovem era motorista do Uber é surpresa para o oficial, que afirma não ser permitida atividade paralela para militares.

A Rádio Gaúcha tenta contato com a empresa de transporte por aplicativos. 

Leia mais notícias de Polícia


 
Aulas Grátis

Aulas de Inglês Grátis


Aulas de Italiano Grátis

Aulas de Francês Grátis

Aulas de Alemão Grátis

Aulas de Português Grátis

Aulas de Espanhol Grátis

Aulas de Latim Grátis
 

 





Visite o Canal Estudando Línguas e Temas Diversos (Powered Leco) e assista nossas videoaulas




Topo da Pagina